O² Expedição

F.A.Q.
Freqüentemente Alguém Questiona

1. O que é o O²?

Um grupo de 5 amigos que passeia, viaja de bicicleta e registra essas aventuras em um site, o odois.org.

2. Qual é a desse site?

Relatar nossas experiências de forma detalhada e informativa - e assim motivar as pessoas a juntar a bicicleta (ou carro, ou moto, ou jipe, ou pés, ou trem), juntar seus amigos (ou de outrem), juntar informações e, enfim, sair a se aventurar!

3. Como posso pedalar?

Convença alguns amigos seus, arranje uma bicicleta adequada e use e abuse de todas as sugestões de roteiros que estão disponíveis aqui.

4. Não tenho amigos, choro?

Não precisa. É fácil achar grupos de amigos, lojas e instituições que organizam e promovem passeios - consulte alguns na nossa seção de links.

5. Vocês oferecem algum serviço pago?

Não, não oferecemos nenhum tipo de serviço. Contudo, existem diversas empresas com foco comercial no cicloturismo, é só procurar um pouco.

6. O que vocês ganham com esse site?

Satisfação pessoal em proporcionar diversão aos nossos leitores e informação aos praticantes do ecoturismo. Disseminar o cicloturismo autônomo e atividades afins é algo excitante, acredite.

7. Vocês não querem ganhar dinheiro com isso?

Claro que queremos, desde que seja muito. Tem uma boa idéia, quer fazer parceria, nos patrocinar ou investir no O²? Mande-nos um e-mail.

8. Onde moram os O²?

Nas nossas casas, que ficam em Curitiba-PR e Joinville-SC, Brasil.

9. Onde mora o site do O²?

Viaja muito, mas se hospeda em Blumenau: pre-lude.com.

10. Quem faz o site do O²? Como? Quero um igual!

Nós mesmos fazemos o site. Artesanalmente, editando cada imagem e escrevendo cada linha de código. Desculpe-nos, mas não há nada igual! =) Você pode usar um CMS para conseguir algo parecido.

11. Posso usar o conteúdo do site? Textos, roteiros, imagens ou fotos?

Compartilhar, assim como bicicletas, é o que nos move. Todo conteúdo do site é disponibilizado sob a licença CC BY e você pode utilizá-lo sob nossa política de uso (consulte, tem um resumo divertido lá!).

12. Que bicicletas e equipamentos vocês usam e recomendam?

Equipamento é algo pessoal, como cueca. Procuramos equilibrar segurança, saúde e conforto com os objetivos do O² (e pessoais), usando apenas o necessário, sem exageros. Contudo (e sobretudo), frisamos: fazer cicloturismo é possível com qualquer equipamento e um pouco de bom senso (ou não!).

O² Expedição

odois@odois.org

O O² Expedição é, em essência, um grupo de amigos que têm uma paixão comum: o cicloturismo. E cicloturismo puro, bruto, sem maquiagem, feito na raça, mas bem humorado e companheiresco. O que buscamos ao pedalar assim? Quais são os limites que atingimos? De onde viemos e para onde vamos? Quantas piadas graúdas cabem em um passeio médio? Nunca nos respondemos satisfatoriamente, e no entanto não deixamos de seguir pedalando como e quando podemos - ou mesmo quando não podemos...

O grupo nasceu no perímetro urbano de Curitiba, através das primeiras pedaladas entre amigos e reuniões informais. Não há sede além desta, digital, mas costumamos dizer que nossa sede é o mundo. Bem, pelo menos o mundo que pudermos alcançar pedalando... A estrutura atual tomou forma naturalmente, a partir as intenções iniciais que contemplavam até mesmo o duathlon. Hoje arriscamos definir O² Expedição em poucas palavras: Cicloturismo aperiódico, alucinado e imprevisível.

E é neste espírito, ou melhor, neste site, que publicamos os relatos, fotos e dados técnicos das aventuras realizadas pelo grupo. Nosso objetivo é propiciar uma fonte de consulta para cicloturistas e outros interessados, além de divulgar a prática do cicloturismo e a apreciação e aproximação da natureza, sempre com bom humor. Publicação digital voltada à divulgação natural, é isso que você encontra aqui no odois.org.

Finalmente, se você ainda está confuso, eis aqui uma lista de não-esclarecimentos sobre o O²: o O² não é uma ONG, não é um clube, não é uma associação comercial, não é uma associação iônica, não é uma seita, não é um boteco, definitivamente não é uma baladinha, não é uma congregação mariana, não é um abridor de garrafa, não é o OilMan, não é um brócolis, não é um blog, não é o BOPE (nunca será), certamente não é o orkut, não é um cavalo, não é de comer e nem de passar no cabelo. Se você ainda tem dúvida sobre o que não é O², mande um e-mail e nós acrescentaremos aqui.

Divulgue o O²

Ajude a divulgar o cicloturismo e o O² Expedição! Escolha um dos botões abaixo e dê o ar da nossa graça no seu site!

(clique na imagem para ver o código)

Du

Eduardo Michelotti Bettoni, publicado em 20.05.1987, du@odois.org

Turismólogo e mestre em Gestão da Informação pela UFPR, pertence ao O² desde que se chamava bicicristas (isso já aconteceu?). Responsável pela desorientação espacial do grupo, cuida também da área de projetos. É co-responsável pelo conteúdo geral e não geral do odois.org e troca pneu como ninguém. Portador de uma comprovada disfunção na detecção de ofídios, é autor da célebre frase escrita / falada / cantada no universo expedicionário: "Nunca pedale com as pessoas que pedalam com você!".

Lulis

Luiz Marcelo Michelotti Bettoni, publicado em 20.06.1979, lulis@odois.org

Mestre em Informática (Industrial), tecnólogo em Automação (Industrial) e técnico em Desenho (Industrial) pela UTFPr, sofre aparente aversão à área Industrial. Reza a lenda que o legítimo "tiozão" do grupo encontrou a si mesmo ao perder-se no cicloturismo. Na confluência de várias paixões pessoais tornou-se naturalmente webmaster, designer, fotógrafo e redator da pauta que pariu (este site). Promotor da arte do auto-escracho e do múltiplo sentido, é autor da profunda oração tobateística "Pedalar me tira do sério - e me põe no engraçado!" =)

Thiago

Thiago Augusto Sielski Marquardt, publicado em 30.03.1987, thiago@odois.org

Engenheiro Mecânico com perfil de bom Físico. Um dos fundadores do grupo, foi o progenitor do nome "O2" que veio a substituir o antigo bicicristas. Possui grande interesse por cicloturismo, ciclismo de velocidade e pelas bicicletas em si - entidades com as quais expressa sua criatividade em invenções que quase funcionam quase sempre. É responsável pelo conteúdo do blog parceiro garagem do odois. Humorímetro oficial, é capaz de indicar a qualidade das piadas do grupo pelo grau de inclinação da cabeça.

Arce

Arcílio José Augusto dos Santos Ferreira, publicado em 06.03.1987, arce@odois.org

Engenheiro de Produção Civil, destaca-se desde os primórdios pelo espírito aventureiro e competitivo extremo. Triatleta (tetratreta também), incitador nato de grandes projetos, hoje é o guia oficial de montanhas do grupo (e das que não são do grupo também). Ainda que goze da fama de sonolento, ronca. Aliciado a participar do ciclismo pelo Thiago, ainda quando "jovemadoçado", uniu-se ao grupo em sua data de criação. É responsável pela comunicação do O² nas redes de relacionamento. Ou não.

Heil

Antônio Carlos Heil, publicado em 12.10.1949, heil@odois.org

Graduado em Geografia e técnico em Telecomunicações, desde os iê-iê-iênicos anos 60 praticava o ciclismo, tendo percorrido sua formação ginasial sobre a bike. Retornou ao esporte após aposentar-se em 2006, agora direcionado ao cicloturismo. Em 2008 conheceu o grupo no Vale Europeu, como amigo revelando-se um grande. Após suportar expedições de arrancar as tiras foi merecidamente integrado ao O² justo na data em que completara 61 anos. É autor do tobateândrico bordão “Vocês não tem amor à própria vida”.

Ex-componentes

Bruno

Bruno Henrique Czelusniak

Militante ativo durante os primeiros anos, sempre deixou o grupo por um grande amor e retornou na perda deste. Até o dia em que realmente se foi. Ou achou um grande amor.

Cheps

Caio Cesar de Castro

Com seu modo peculiar de criticar e atuar nas expedições, desligou-se do grupo de maneira abrupta. Ainda assim está sempre pedalando por perto e, às vezes, ressurge das trevas.

Fran6

Francis Halley Queiroz SantAnna

Participou ativamente durante algumas semanas no grupo. Assim que oficializado como componente partiu para São José dos Campos.

o² expedição · cicloturismo | 2003 · 2017 | curitiba · brasil | permitida reprodução desde que citada explicitamente a fonte: odois.org | política de uso | webdesign por lulis

firefox chrome opera ie 8+ CC-BY-4.0