O² Expedição

x1
Saída10/05/2014 08:45hCuritiba - Jardim das Américas
Chegada10/05/2014 15:45hCuritiba - Jardim das Américas
CustoR$ 7.50Compos+lulis thiago arce cheps
Pedalada89.8 km5h 20'16.8 km/h
ItinerárioCuritiba - BR277 - São José dos Pinhais - BR116 - RMs - Col. Murici - R. Ernesto Greboge - Papanduva - RMs - Borda do Campo - BR277 - Curitiba

Papanduva

Um dia frio, um bom lugar pra ler um livro e o pensamento... o pensamento a esta altura está fazendo um dueto com Djavan na sua cabeça. Sem desmerecer a lírica de uma aconchegante leitura, mpbélico leitor, reservamos outro programa para o dia frio: pedalar até um bom lugar pra comer. Não um livro, claro.

Qual o carro que luz forte?

Mal havia começado o pedal, já saíamos com essa pérola do tradicional quiz-thionário. Assim, largada no ar, casualmente despretenciosa. Poucas delas adivinhamos na hora. E as respostas não costumam ser extraídas sem dor física - a dor de muitos quilômetros pedalados. Mas a maior tortura é a pergunta insistente, ecoando na cabeça. Eventualmente acompanhada pelo Djavan. Leva tempo (e distância) até esquecê-la. Seguimos pedalando, alguns planos de rota alterados na ausência do du. Alguns outros trechos planos inesperados lembravam a paisagem litorânea. E o pensamento...

Eu quero saber: Qual o carro que luz forte?

O pensamento até divaga, mas o Thiago garante o reverberar do quiz durante o pedal. Muitas vezes ninguém se importa, é verdade. Mas no fundo o quiz tá lá, na mente, perturbando. Como a fome costuma perturbar mais, divagamos devagar por algumas estradinhas nas colônias de São José até parar no espertíssimo espetinho de tilápia à milanesa.

Carro que luz forte. Qual?

Digestão de pensamento é como de fritura. Aos poucos, vai. Um aqui, outro mais adiante, caem as fichas do quiz. Alguns vão junto e caem de rir, sempre guardando a resposta em silêncio irônico. Se a graça é pouca, é muita ou é apenas desgraça, depende do humor (e cansaço) de cada um. Há os que são a favor das piadas ruins. Para nossa sorte, o vento era a favor e o cansaço do retorno foi pouco.

Hein? Sobre o retorno do quiz, coquetélico leitor? Vieste conferir a resposta no fim da revistinha, é? Pois, a resposta é tão óbvia que ofusca. E o pensamento lá em decidir: rir ou xingar o responsável pelo trocadilho. Ou pelo Djavan.

Texto e fotos por lulis, quiz por thiago, roteiro e ausência por du.

Expedição publicada em 03/09/2015

Arquivo GPX Arquivo KML Mapa Dinâmico
Caro leitor, tenha cautela ao utilizar as georreferências, você é o único responsável pelo uso que faz das informações disponibilizadas pelo odois.org. Saiba mais.
Georreferências

Foto²s

Foto² 1
lamento, srs, mas não estaremos servindo sol hoje

Foto² 2
calor está em falta, também. e dinheiro, a julgar pelo bolso do thi

Foto² 3
posso sugerir uma porção de estradinhas polvilhadas?

Foto² 4
mega-range semi-artesanal do thiago. maior até que o disco de freio

Foto² 5
nem campo nem montanha, a atração era a pequena faixa azul de céu

Foto² 6
mas atraente mesmo era a coroa da foto 4 com seus 38 dentes contados

Foto² 7
coroa, mesmo novinha em folha. culpa dela esses bolsos vazios, thi?

Foto² 8
economia à parte, tudo parecia plano demais pra gastar a coroa da marcha super-leve

Foto² 9
peraí, já faz umas três fotos que trocaram outro componente que não a coroa!

Foto² 10
volta aqui, pessoal! cheps, cadê você?

Foto² 11
o thiago tá no alto da araucária com sua nova coroa, certeza. cheps?

Foto² 12
cheps? oi, você viu o cheps passando por aqui?

Foto² 13
ah, tá aí. mas pera, tem dente demais nessa contagem de ciclistas

Foto² 14
humn, parece que o misterioso amigo do arce apareceu do nada mas não quer aparecer

Foto² 15
retomada a formação original, com pó demais

Foto² 16
thiago, desconsolado, lamentando perder o furo do passeio pro cheps

Foto² 17
dado o contexto, presumimos que era o lugar certo de estacionar

Foto² 18
ah, pelos fundilhos do lugar eu conheço esse cardápio!

Heil
[05/09/2015 00:49h]
A foto 4, tem um tal de câmbio Altus, que acompanha pela redondeza um altíssimo nível de poluicão graxística e poerística.
Alessandro
[15/09/2015 13:56h]
Papanduva. Nunca esqueci esse nome! Numa viagem de (heresia) carro ao Sul, em 2011, passei pela BR116 e por essa localidade, e paramos justamente na dita BR para um almoço em churrascaria de beira de estrada. Na época, 10 reau o almoço self service e 15 o espeto corrido.
Alessandro
[15/09/2015 14:00h]
Achamos esquisito (vício de paulista) o preço baixo demais (para padrões paulistas) mas tanto serviço quanto a xepa eram excelentes. E fomos de self service de 10 reau (hábito avarento paulista). Fica aproximadamente no km52 da BR116 junto a um posto Ipiranga.
o² expedição
[30/10/2015 13:58h]
E comida boa e barata, onde tem? Lá no pospiranga. Hahahah, abraços papandalmoço, Alessandro!
Caro leitor, sinta-se livre para comentar sobre esta expedição! Embora o O² não se responsabilize pelo conteúdo dos comentários (vide nossa política de uso), perceba que aqueles julgados inadequados serão enviados ao limbo eterno. Sem volta. Nem pedalando.

o² expedição · cicloturismo | 2003 · 2016 | curitiba · brasil | permitida reprodução desde que citada explicitamente a fonte: odois.org | política de uso | webdesign por lulis

firefox chrome opera ie 8+ CC-BY-4.0