O² Expedição

Revier é Preciso

Uma trimediologia de 3,5 episódios:

Revier I
Revier II
Revier Revier II½
Revier III

x0
Saída06/04/2014 08:20hCuritiba - Jardim Botânico
Chegada06/04/2014 13:20hCuritiba - Jardim Botânico
CustoR$ 5.00Compos+du lulis thiago cheps
Pedalada57.4 km3h 22'17.0 km/h
ItinerárioCuritiba - BR277 - RMs - Est. da Rivieira - Colônia Revier - RMs - Colônia Ferraria - Est. Mato Grosso - Curitiba

Revier II

Essa é uma história de esperança. Esperança de revanche de um passeio interrompido, é verdade. Mas, ainda assim, esperança, forrestgúmpico leitor. E na esperança de honrar as belezas não vistas no primeiro episódio, concedemo-se-me-nos uma segunda chance de visitar a Colônia Revier. Aqui nasce o segundo episódio dessa lendária trimediologia colônica: Revier II - A Revolta dos Macacos.

Partimos num bom ritmo, e num rimo bom passamos por Revier. Enquanto rodávamos explorando as estradinhas entre-matas próximas, sofremos uma intervenção selvagem: o macaquinho do du decidiu entrar no ritmo.

- Entra na roda, a-ê! Entra no roda, a-á!
(leia-se em ritmo de mambo, cantante leitor)

Entrou. E se você, interrogativo leitor, tem dúvidas sobre o que é um macaquinho, pode tentar deduzir pelas fotos. Agora, se você sabe qual peça da bicicleta é o dito macaquinho, cuidado: as cenas são fortes. Neste caso, as fotos podem ajudar a entender o que é revolta.

Removemos o macaquinho das ferragens e arrumamos a corrente em modo monomarcha. Não contente, a recorrente má sorte recaiu em outra queda de corrente. Mal pudemos celebrar o tradicional aniversário do Thiago que, póstumo, ficara para recuperação. O macaquinho passou.

Nota estatística: Não se preocupe com seu grau de distraibilidade, interpretativo leitor. Pesquisas interativas mostram que mais de 84% dos leitores releram o parágrafo anterior mais de uma vez até entender 76% dos sentidos.

A exemplo do macaquinho, o passeio foi decepado. Outra proposta de roteiro Revier que foi revista, revisada, revisitada, mas não concretizada. Mas não vamos dizer que esperança morreu, fatídico leitor, apenas ficou para o próximo episódio. Revier ainda é preciso - imprecisas são as nossas chances.

Letras e cores por lulis, rerroteiro e macaquices por du.

Expedição publicada em 28/08/2015

Arquivo GPX Arquivo KML Mapa Dinâmico
Caro leitor, tenha cautela ao utilizar as georreferências, você é o único responsável pelo uso que faz das informações disponibilizadas pelo odois.org. Saiba mais.
Georreferências

Foto²s

Foto² 1
um dia alegre para revier e celebrar o aniversário do thiago (e o milho)

Foto² 2
olha essa cara do du de quem acredita no futuro do passeio

Foto² 3
parada para bolachear em algum lugar que deveria se chamar bela vista

Foto² 4
aqui vai a justificativa da proposta de nome

Foto² 5
essa igreja não é estranha, já passamos por aqui alguma(s) vez(es)

Foto² 6
calma, pessoal, ainda temos muito que pedalar

Foto² 7
muito, será? os sinais estão em toda parte

Foto² 8
por exemplo, os sinais de barbárie com o protetor solar

Foto² 9
essa igreja também é conhecida... vale procurar em outras expedições (alguém disposto?)

Foto² 10
mais um canto candidato a receber o batismo de bela vista

Foto² 11
olha o caio no caio-não-caio aí, gente

Foto² 12
é essa estrada lá ao longe, é? precisamos revier esse trajeto

Foto² 13
olha os sinais aí: fica esperto que a casa vai cair pro teu lado, du!

Foto² 14
cuidado: cenas fortes!

Foto² 15
- OAF??!!!

Foto² 16
a perna do pobre macaco quebrou vários dentes (expliquem, anatomologistas)

Foto² 17
um minuto de bolacha em homenagem à passagem do pobre símeo

Foto² 18
sinais. só issso, sinais

Foto² 19
olha a cobra!
*quebra

Foto² 20
pausa no caldo de cana para recuperar as energias e esperanças

Foto² 21
em espanhol, mono é macaco. em revier, ausência de macaco é monomarcha

Iry Francisco Smiderle
[28/08/2015 16:40h]
Pelas pedaladas da vida, marcas sempre vão ficando; ou é um risco de pneu, ou uma corrente quebrando, mas no fim o esplendor da paisagem conforta todos os aborrecimentos. Abraços
o² expedição
[31/08/2015 11:29h]
Quem dirya, agraciados com a expressão dos dons poéticos de Dom Iry! Obrigado pela contínua inspiração, bom amigo! Abraços em duas rodas!
Caro leitor, sinta-se livre para comentar sobre esta expedição! Embora o O² não se responsabilize pelo conteúdo dos comentários (vide nossa política de uso), perceba que aqueles julgados inadequados serão enviados ao limbo eterno. Sem volta. Nem pedalando.

o² expedição · cicloturismo | 2003 · 2016 | curitiba · brasil | permitida reprodução desde que citada explicitamente a fonte: odois.org | política de uso | webdesign por lulis

firefox chrome opera ie 8+ CC-BY-4.0