O² Expedição

Picada do Curiós

Expressão indígena que significa¹ "muita folha aqui perregue grande água valente do céu".

Na verdade, trata-se da continuação da Rua dos Curiós, no Condomínio Recreio da Serra - Piraquara. Antigamente era uma estrada de ligação com a região de Roça Nova. Já foi caminho de jipeiros e motoqueiros, mas por opção dos condôminos foi completamente fechada. Assim sendo, hoje em dia passagem somente é permitida com autorização dos proprietários – isso se ainda restarem marcas do caminho.

¹ Interpretação fantasiosa baseada no contexto desta obra. Piada.

x0
Saída02/12/2012 09:30hCuritiba - Cajuru
Chegada02/12/2012 17:00hCuritiba - Cajuru
CustoR$ 3.10Compos+du lulis adriano
Pedalada65.6 km4h 52'13.5 km/h
ItinerárioCuritiba - Pinhais - PR415 - Piraquara - Estrada do Redondo - Pedreira do Redondo - Recreio da Serra - Picada dos Curiós - Roça Nova - RMs - PR415 - Curitiba

Picada dos Curiós

Separe um adriano médio e dois lulis (ou um du e um lulis), misture fazendo movimentos circulares, bata com bastante folha verde e depois deixe de molho por 3 horas. Finda a expedição.

Calma aí, não tão depressa. Voltemos ao convite - lembrando que existem convites e convites. Nesse, alguém liga já da cidade ao lado, dizendo que te espera para um pedal curto por lá:

Mas o tempo tá legal. Mas venha. A gente espera aqui na praça, pode levar o tempo que precisar. Não é nada demais, não. Uma voltinha calma por aqui e voltamos pra casa antes das 14h.

O plano era tão simples quanto Piraquara. Visitar a velha pedreira do redondo e, porque não, tentar aquele simples atalho para Roça Nova. Chegado o chegado Adriano, poucos giros depois aportávamos na pedreira.

du: Pois é, diz que segue aqui e tem tipo um atalho que dá ali em Roça Nova.
adriano: Tá difícil de ver esse caminho, hein?! Só tô vendo floresta.
du: É, mas no Google Earth é bem perto. Perto mesmo.

Ah, o GEarth! In GEarth we cannot trust! Acreditamos, seguimos o atalho mapeado. A estrada virou carreiro, o carreiro foi fechando, o mato aumentando, a bruma envolvendo... e, sim, chegamos ao fim da picada.

- Tô falando sério, a gente só precisa avançar mais uns 300m e estaremos no atalho!

Sem chance. Nem caminhando se podia avançar. Voltamos três casas e encontramos um morador que, depois de muita conversa, história de trilha com jipe e polícia, acenou com uma bandeira verde para nossa expedição. Só que o acesso certo era láááá, por outra estradinha... Voltamos várias casas até o "ramal" correto, e uns tantos km levaram estes 300m.

Mas o verdadeiro atalho (que de estrada virou carreiro, picada e matagal) não estava muito melhor. Com muito custo, algumas horas empurrando e ceifando mato com o guidão, encontramos uma trilha mais batida (surrada, pra dizer a verdade). Enforcado o curió, finalmente chegamos ao túnel de Roça Nova.

Pra encerrar a aventura, um temporal de congelar e levar lavar a alma. E a pedivela, a caixa de direção, o celular, os dedos do pé, a trompa de eustáquio, a vesícula do adriano... E assim foi, até chegar em casa. O adriano não gostou do atalho. Nem do convite.

Adriano convidado e chateado por Lulis e Du.

Expedição publicada em 29/05/2014

Arquivo GPX Arquivo KML Mapa Dinâmico
Caro leitor, tenha cautela ao utilizar as georreferências, você é o único responsável pelo uso que faz das informações disponibilizadas pelo odois.org. Saiba mais.
Georreferências

Foto²s

Foto² 1
só mais um inocente dia de pedal inocente na inocente piraquara

Foto² 2
que logo mais já contava com a companhia do inocente adrioca

Foto² 3
olha ele aí achando o caminho complicado... sabe de nada, inocente

Foto² 4
esse caminho do redondo é pedreira para os pobres pinheiros!

Foto² 5
que por sinal compõem uma paisagem bem incomum por estas paragens

Foto² 6
que que te faz parar pensativo assim, camarada roots?

Foto² 7
o mesmo vazio que a montanha sente pelo que dela tiraram?

Foto² 8
peraí, só arrumar essa decoração aqui que tá meio torta!

Foto² 9
sobe de nada, inocente

Foto² 10
então, vejo aqui nas runas do GPS que você tem um caminho difícil pela frente...

Foto² 11
in googleearth we trust!

Foto² 12
ah, agora é minha vez: sabe de nada, inocente!

Foto² 13
e o oscar imaginário de melhor caminho imaginário vai para...

Foto² 14
vai pra adiante, que a saída do redondo a gente já conhece!

Foto² 15
parece que o roots pressentia o enrosco em que se iria plantar...

Foto² 16
se o caminho dos curiós continuar assim, tá fácil!

Foto² 17
a delicadesa hortência da flor de mandioca

Foto² 18
a estrada tá um pouco desfigurada, sim, mas é por aqui, eu sei!

Foto² 19
faltam poucos metros pra melhorar, diz o GPS, não se deixe enevoar!

Foto² 20
uma imagem do adriano vale mais que mil palavras ou um GPS

Foto² 21
uma flor pro companheiro de pedal não ficar #chatiado

Foto² 22
é, parece que não surtiu efeito

Foto² 23
revés: volte 12 casas, peça penico e jogue os dados (no GPS) outra vez

Foto² 24
tenho certeza que tá melhor que antes... droga, perdi a bike!

Foto² 25
a picada é dos curiós. os arranhões, dos curiosos

Foto² 26
vestígios de atividade humana por aqui, não estamos tão perdidos!

Foto² 27
não mesmo?

Foto² 28
parece que há uma certa vertente que discorre sobre uma possível saída em vida

Foto² 29
é vergonhosamente hédionda a tentativa de róteirizar feita pela rede ódois de cicloturismo!

Foto² 30
trilha ruim? na atual conjuntura isso aqui é uma autobahn!!!

Foto² 31
tava difícil? tava não. ainda tem mais um pouquinho.

Foto² 32
finalmente! agora com menos raiz, voando baixo em roça nova!

Foto² 33
aqui acabam as fotos e começa o temporal que completa as bem aventuranças do dia!

Luciano
[29/05/2014 11:33h]
Huhauahauha! Me parti de rir da zoação com o mau humor do Adriano!
Alcione
[29/05/2014 12:12h]
Ahhhh beninu muleke! Eu teria ficado no Paraíso das Trutas (yo mano!) com o Aguinaldo e o Cumpadi Waxito Adoguei!!
Fabrício Souza
[29/05/2014 13:45h]
Os trocadilhos são novos e quase me leva a crer que o pedal também era recente ;) Essa trilha já deve é ter sumido no mato! O Adriano caiu no conto do #pedalnivelmedio
Renato
[30/05/2014 07:02h]
Olha a data da aventura! Deixa o Barichello descobrir que tem gente mais rápida que ele. Sabe nada o inocente!
Adriano
[31/05/2014 22:48h]
Típico passeio(?) parecido com os de um velho colega dos tempos de montanha. Ele sempre tinha um "atalho". Para sair do Marumbi havia um atalho (de alguns km) no meio do mato para se chegar ralado na vila (msm com estrada direta). E o odois brinca de "Lost" com convidados, rsrs
Caro leitor, sinta-se livre para comentar sobre esta expedição! Embora o O² não se responsabilize pelo conteúdo dos comentários (vide nossa política de uso), perceba que aqueles julgados inadequados serão enviados ao limbo eterno. Sem volta. Nem pedalando.

o² expedição · cicloturismo | 2003 · 2016 | curitiba · brasil | permitida reprodução desde que citada explicitamente a fonte: odois.org | política de uso | webdesign por lulis

firefox chrome opera ie 8+ CC-BY-4.0