dia 6

O² Expedição

Área de Serviço

Rádio Tchê Erechim 1200 AM, Programa Alma Campeira. Aldo Assis Ribeiro. toligado@radioerechim.com.br.

Café Cultural de Erechim. Alba Albarello. ara.alba@yahoo.com. R. Gonçalves Dias, 208, Centro, Erechim - RS.

x2
Saída11/10/2011 09:00hMachadinho - Thermas
Chegada11/10/2011 18:30hErechim - Centro
CustoR$ 7.50Composlulis heil
Pedalada84.9 km5h 28'15.5 km/h
ItinerárioMachadinho - RS208 - Maximiliano de Almeida - RS126 - Ligeiro - RMs - RS331 - Viadutos - Gaurama - Erechim

Erechim · dia 7

Noite tranquila, camping desmontado, saímos de papo em papo de Machadinho. Na ânsia de chegar, terra e asfalto passaram voando. Em Viadutos, uma paradinha na venda para comer um pão com salame, queijo e faca colonial. Algum sobe-e-desce, pneus que furam-e-refuram e apeávamos em nosso destino, Erechim.

Na chegada, recepção animada pela família do Mr. Heil: a sogra Dona Lídia, a esposa Margarete e a cunhada Elizabet. Nos dois dias que se seguiram passamos bons momentos visitando a cidade, comemorando o aniversario do Mr. Heil e, claro, proseando ao sabor do típico chimarrão gaúcho. E a lua, que enfeitou as noites da viagem, agora se exibia cheia, fechando o ciclo com chave de ouro. Haveria mais o que dizer? Pois houve: tanto assunto que acabou na rádio da cidade.

Nota cicloculturista: A equipe o² expedição, representada pelos membros sênior Lulis e Mr. Heil, teve a honra de conceder longa entrevista ao radialista gaúcho Aldo Ribeiro (todos devidamente pilchados em trajes típicos, cada um no seu) por conta da cicloturística expedição a Erechim. Participaram também Alba Albarello, fundadora do Café Cultural de Erechim, e Lídia Rossi, cidadã ilustre do município. Fiquem ligados, a gente volta já!

No fim de tudo, vinga a sensação de ter realizado alguns sonhos e cumprido uma missão. E se aquela angústia que antecedeu a viagem já se dissipara, também se justificara: grandes histórias são formadas de uma multitude de pequenas lembranças que deixam saudade. E na próxima vez não será diferente (pormaisque seja).

Nota posterior não oficial: Finda a aventura, a aventura continua - pormaisque esteja tecnicamente fora da viagem, já que o Lulis seguiu em expedição solo. Dois dias extras de pedal para rever os amigos em Ponte Serrada-SC, com direito a uma legítima pinguela aos pedaços. E você, mais uma vez, não leu isso.

Foto²s

Foto² 202
ampla residência com varanda e vaga pra dois veículos

Foto² 203
o sol já vinha pegando forte atrás do refeitório

Foto² 204
a invasão alienígena começou, e a verdade está lá fora!

Foto² 205
difícil encontrar as termas atrás de tantos trailers

Foto² 206
essa é machadinho, vamos dar um chego ali!

Foto² 207
essa foi machadinho, vamos que ainda tem chão hoje!

Foto² 208
chão ou terra, tem. e tem a perder de vista

Foto² 209
agora, sombra que é bom tá difícil

Foto² 210
às vezes até mesmo as cercas não são tão farpadas quanto se espera

Foto² 211
não é que tem terra a perder de vista, mesmo?

Foto² 212
rápido, rápido, antes que passe!

Foto² 213
pausa para esvaziar os estoques de comida na porta da igreja

Foto² 214
assim, não é bem uma florzinha, mas tá bacanona a verduxa aí

Foto² 215
mas que não seja por falta de umas belas flores, não é?

Foto² 216
no alto, depois de tanto chão acima, parece que o relevo estabiliza

Foto² 217
e um pouco de plano é o que a bela paisagem promete

Foto² 218
pón cón zalame e quêxo, vissinho?

Foto² 219
vai sim, no capricho, sumindo aos pouquinhos...

Foto² 220
senta, amigo velho!

Foto² 221
mais alguns km de asfalto e uns poucos furos e...

Foto² 222
e rechim! (saúde) sejamos bem vindos!

Foto² 223
a prefeitura da cidade, prédio clássico da década de 30

Foto² 224
o castelinho, ainda mais clássico, dos idos de 1910

Foto² 225
e o contraste da modernista catedral são josé, década de 70

Foto² 226
da esquerda pra direita: kate, lulis, beth, marga, heil e dona lídia

Foto² 227
cavalinha dos jardins da dona lídia

Foto² 228
finalmente, o aniversário do mr. em erechim!

Foto² 229
a lua, agora cheia, marca o fim (ou início) do ciclo

Foto² 230
eu prefiro desfocada. tem mais um pouquinho?

Foto² 231
odois com alba, aldo e dona lídia, no dia seguinte, após a entrevista na rádio

daguvasco
[27/09/2012 08:10h]
Fantastica Viagem... "...cicloturismo, show de bola..."auhsduashdasudhasudhas
Renato
[27/09/2012 08:25h]
Já falei que vocês são meus heróis? Mildo loves Lulis, again.
o² expedição
[27/09/2012 21:38h]
A pexação é mútua: O² loves Pedaleiro loves O² loves Pedaleiro... Mildo loves Mildo always =) Obrigado, Renatão!
Renato
[27/09/2012 08:28h]
Mais um companheiro que quebra corrente. Era Sram?
o² expedição
[27/09/2012 21:42h]
Nada, era(chim)mano hg93. Mr. Heil já é mestre em quebrar correntes, também tira mau olhado e trás de volta a pessoa amada.
Mildão
[27/09/2012 09:42h]
Mildo love Lulis Lulis love Bigodes Heil Renato não love ninguém
Luiz
[27/09/2012 15:38h]
Mr Heil estava firme esperando as lontras, que pelo jeito não apareceram. Belas fotos, as always!
o² expedição
[27/09/2012 21:48h]
Pois é, rolou uma confusão: trombudo é elefante, não lontra. Gracias, altos panos de fundo na memória. Valeu, Luizão!
Lyra
[27/09/2012 16:21h]
Hein? corrente rompida do Mr. Heil? Acho que ele tá forte demais, porque isso se repetiu recentemente (aha... surpresa, surpresa!)
o² expedição
[27/09/2012 21:51h]
As novas só não correm mais rápido do que rompem as correntes do bom velhinho (as novas também)! Hábraços gaudérios, Lyra!
Tadeu Galeno Franzmann
[28/09/2012 10:02h]
Simples e encantador! Que lição de vida, que belo cursinho a gente tem nessa síntese dum trajeto dos ciclistas que vivem a Natureza na sua Plenitude. Obrigado Lulis e Heil, por estar participando dessa história. Deus os acompanhe sempre - Forte abraço - Tadeu
o² expedição
[29/09/2012 17:59h]
Grande Tadeu! Obrigado pelo carinho e por fazer parte disso tudo! Como diria você mesmo: showdebola! Hábraços!!!
Waldson
[30/09/2012 21:57h]
Parabéns. Belíssima ciclovagem, muito bem relatada sempre com aquela pitada de humor característico. Fotos sensacionais! Agora... que foi pedreira, foi, né?! Abraços do Antigão!
o² expedição
[01/10/2012 22:16h]
Pedras pra todos os gostos (embora a maioria fosse salgada, mesmo). Obrigado, Mestre Waldson!
Lucas Fuson
[05/10/2012 23:56h]
Vocês são fonte de inspiração, entro no site toda semana pra ver qual será a minha próxima pedalada, quem sabe um dia faço essa até erechim. Parabéns!
o² expedição
[08/10/2012 10:24h]
Fusioníssimo Lucas! Reversalizando, frisamos: comentários como o seu são fonte de inspiração para que continuemos pedalando e publicando! Oxalá possamos sempre compartilhar bons roteiros como esse (quem foi que fez...)! Obrigado e hábraços (e pernas!)!
Adriano
[07/10/2012 19:59h]
Caramba, já tava pensando que era lenda essa pedalada! Muito massa mesmo Lulis. Lembro que vc comentou da viagem naquela noite chuvosa e enlameada, lembras ... em que te paguei cinco cachorros-quente e três litros de coca ... a propósito, quando vc irá me reembolsar? Abraço.
o² expedição
[08/10/2012 10:16h]
Macaxeiríssimo Adriano, muito obrigado! Somos eternamente gratos por seus comentários e contribuições voluntárias, sejam elas veementes correções, compreensivas audições ou nutritivas porções. Reembolsos proveremos certamente, embora em cotas de pedal =) Hábraços!!!
Patricia Kerche
[11/10/2012 10:34h]
E quando sairá o livro com as melhores jornadas ciclicamente turísticas ou com o melhor do turismo ciclicamente expedido? E, só para tirar a dúvida, no dia 7, lá na venda, vocês só comeram o pão com salame e queijo, certo? A faca foi só pra cortar o pão, né?
o² expedição
[13/10/2012 10:28h]
Salve, salve, Patchê! A idéia do livro vem (e volta) de bike, ciclicamente, então demorará a chegar ao papel (quem dirá àexpedição). Se até no site demora... =) Só comemos pón cón zalame e quêxo, vissinha, mas facada mesmo levamos na hora de pagar a conta (e não era piada)! Hábraços!!!
Caro leitor, sinta-se livre para comentar sobre esta expedição! Embora o O² não se responsabilize pelo conteúdo dos comentários (vide nossa política de uso), perceba que aqueles julgados inadequados serão enviados ao limbo eterno. Sem volta. Nem pedalando.

o² expedição · cicloturismo | 2003 · 2017 | curitiba · brasil | permitida reprodução desde que citada explicitamente a fonte: odois.org | política de uso | webdesign por lulis

firefox chrome opera ie 8+ CC-BY-4.0