O² Expedição

Caminhos de Guajuvira

Em Araucária está instalado o roteiro de turismo "Caminhos do Guajuvira", incluindo várias propriedades e negócios rurais, prezando pela valorização da vida no campo e contato com a natureza. Pelo percurso existem colhe-pagues e cafés rurais, além de pontos de comercialização de flores, hortaliças, bolachas, broas, tortas, artesanato, licores, entre outros. Durante os finais de semana há um ônibus que sai do centro de Araucária e percorre o roteiro parando nas principais propriedades.

Fonte: CIT- Centro de Informações Turísticas. cit@araucaria.pr.gov.br (41)3642-7773.

x1
Saída25/09/2011 08:10hCuritiba - Capão da Imbuia
Chegada25/09/2011 16:20hCuritiba - Capão da Imbuia
CustoR$ 4.00Composdu lulis thiago heil
Pedalada96.8 km5h 55'16.4 km/h
ItinerárioCuritiba - Araucária - R. das Araucárias - Av. dos Pinheirais - PR423 - RMs - Guajuvira - Rod. Euclides Gonçalves Ferreira - BR476 - Curitiba

Guajuvira

A Guaju é, digamos assim, uma queridinha entre as comunidades cicloturísticas. Não tem um morro palha pra se matar e nem um túnel macabro pra atravessar. Nem mesmo uma profusão de convites à gulodice no caminho do vinho. Mas reserva uma beleza peculiar, e o faz suavemente em um relevo pouco judião.

Aqui tem plantação de camomila, nunca dantes pedalada (agora sim, sóquesemabicicleta). Tem as margens do Rio Iguaçu. E tem o símbolo máximo da região, o Comercial Iguaçu (since 1960), defronte ao túnel de pedestres (com duas mãos (não os pedestres - tenham estes quantas mãos quiserem, mesmo que nenhuma - mas a passagem, essa sim, tem duas mãos)).

Com um tempo minguadinho, cortamos os crescentes caminhos Araucários (assim como cortamos uma ou outra camomila, para o bem da ciência fotográfica e humorística) acompanhados do interestadual Mr. Heil (que veio especialmente para a ocasião cíclica, como manda a tradição). A data tinha um cunho especial: o evento marcava o retorno do pedal ao Lulis (ou vice-versa) em terra brasilis, após longa viagem d'além-mar. De saco cheio, distribuiu presentes aos ciclistas carentes presentes. Em homenagem, um espumante brinde do mais autêntico exemplar da cíclica e essencial refrilosofia vaga foi devidamente servido e sorvido.

Do cortejo oficial ao ex-retirante, ausentava-se apenas o Arce - sabidamente enveredado em algum casamento em São Mateus do Sul (por hora, não o dele). Mas como nada termina enquanto não acaba, no alto de uma ex-descida (uma subida, de costas) surge em buzinaço motorizado o bezerro desgarrado. Festa, entrega dos presentes faltantes, saco vazio. Agora sim, todo grupo presente e presenteado (até quem pedalou de carro), deu-se por homologado il ritorno di luli.

O quê? Por onde andou o Lulis? Ah, isso é assunto pra muitos pedais... E pedal pra muito assunto, uma hora surge ;)

Fotos por Lulis, texto e roteiro por Du, todos presentes (por Lulis).

Expedição publicada em 09/03/2012

Arquivo GPX Arquivo KML Mapa Dinâmico
Caro leitor, tenha cautela ao utilizar as georreferências, você é o único responsável pelo uso que faz das informações disponibilizadas pelo odois.org. Saiba mais.
Georreferências

Foto²s

Foto² 1
quando o fotógrafo oficial já sai aparecendo nas fotos, com certeza tem concorrente

Foto² 2
para os urbanóides que acham que camomila nasce dentro do mercado municipal, eis a plantação

Foto² 3
e além de ser plantada ela também pode ser colhida! aha! como prova o garoto entendido na seleção

Foto² 4
estranho mesmo é precisar de um apicultor para colhê-las. não, espere! só ilusão de ótica

Foto² 5
e aí estão elas, inteiras e no estado natural muito antes da infusão em água quente

Foto² 6
e aí estão eles, não tão inteiros mas no estado natural cicloturístico

Foto² 7
refrigerante vagabundo tem tão pouco gás que se faz passar por um café frio

Foto² 8
a GTS comprova seu caráter feminino num poético enrosco com a camomila

Foto² 9
ô, descidona boa! não precisava de tanta sombra assim, mas tá bom

Foto² 10
mas afinal, virou uma súbida ou é uma típica manobra de mudança de planos?

Foto² 11
guajuvirando por aí

Foto² 12
agora é o guajuvirando central, igreja que marca o círculo urbano do Guajuvira

Foto² 13
com direito a macro da preferencial e paradinha para ver o movimento

Foto² 14
o famoso "trilho sobre a passarela", um marco da região

Foto² 15
comercial iguaçu, secos e molhados desde 1960, outro marco famoso da região

Foto² 16
a chaminé parece que já acompanha o comercial há algum tempo, e vice-versa

Foto² 17
e o mr. heil também não deixa a desejar nessa escala de temporalidade, deve ser da mesma época

Foto² 18
os pintinhos com certeza são novatos por aqui (tanto que nem vieram)

Foto² 19
vibre: segundo a análise sísmica do thiago, treme!

Foto² 20
tremendo pinheiro que não podia faltar na visita a araucária

Foto² 21
aponta, a ponta, a ponta da blusa tá soltando e tá muito frio, arruma aí!

Foto² 22
um conspirador diria que em uma guerra, o inimigo atacaria o açude para alagar o mundo

Foto² 23
mas não é que até o arce apareceu? e de calça jeans? cadê a ISO do cicloturismo?

Foto² 24
apareceu e ainda contratou uma fotógrafa para um registro ontheway da cúpula.

Waldson (Antigão)
[10/03/2012 21:15h]
Mais um belo pedal, como sempre! E a Chaminé? Ìnclinada como a torre de Pizza ou trata-se de ilusão de ótica? Parabéns ao gupo!
o² expedição
[11/03/2012 00:11h]
Ancião Waldson,obrigado pelos seus sempre sadios e bem humorados comentários =) A chaminé? Só ilusão, mesmo. Faltou centralizar e usar o prumo como na foto da araucária =)
Adriano
[11/03/2012 18:04h]
Sobre a foto 23, acessei o "regimento interno" do odois (http://wikileaks.org/) e não encontrei nada sobre a possibilidade de fazer o passeio sem uma bicicleta e com calça jeans. É possível? Pois quando vou de havaianas o pessoal acha estranho ... abraços.
o² expedição
[13/03/2012 12:06h]
Tens toda razão, iniciamos um processo extraordinário de auditoria interna para apurar o fato e descobrir as possíveis causas para este estranho comportamento dos pedalantes de havaianas. Com ou sem bicicleta, soltando as tiras ou não =)
Grei de brito
[09/04/2012 15:51h]
Uma pergunta, qual é a câmera que vcs usam? Estou começando agora aqui em São Paulo, suas fotos são perfeitas.
o² expedição
[09/05/2012 00:56h]
Fala, Grei! Obrigado! A câmera oficial é uma Lumix FZ35 =) Abraços!
Claude
[01/05/2012 10:27h]
parabens pelo site de vcs... muito bom e divertido...
Heil
[03/09/2016 09:04h]
Hola, hola. Foto 8 é aquela de outra passagem, que o Thiago carrega um trem "nas costas"?
o² expedição
[01/03/2017 18:23h]
Aparentemente é. Ou não. Afinal, que trem é esse da foto 8? ;)
Caro leitor, sinta-se livre para comentar sobre esta expedição! Embora o O² não se responsabilize pelo conteúdo dos comentários (vide nossa política de uso), perceba que aqueles julgados inadequados serão enviados ao limbo eterno. Sem volta. Nem pedalando.

o² expedição · cicloturismo | 2003 · 2017 | curitiba · brasil | permitida reprodução desde que citada explicitamente a fonte: odois.org | política de uso | webdesign por lulis

firefox chrome opera ie 8+ CC-BY-4.0