dia 2introdução

O² Expedição

Área de Serviço

Recanto Tio Maneco. Maneco (41)9982-2226, Represa do Capivari - Campina Grande do Sul - PR.

Relativalidade

Termo que nomina a questão aberta semântico-existencialista da filosofia láctea primordial: Considere encarar um iogurte fora do prazo de validade, relevando as consequências gastro-intestinais e demais propagações de caos fisiológico. Quem, efetivamente, deve ser considerado vencido: o iougurte ou você?

x1
Saída21/04/2011 08:40hCuritiba - Tarumã
Chegada21/04/2011 17:20hCampina Grande do Sul - Capivari
CustoR$ 12.50Composdu lulis
Pedalada86.0 km5h 59'14.4 km/h
ItinerárioCuritiba - BR476 - Bocaiúva do Sul - RMs - Pederneiras - Invernada - Barragem - BR116 - Recanto Tio Maneco

Represa do Capivari · dia 1

Uma vez decidido que a expedição à Represa do Capivari seria parcelada em dois dias, bastava dar entrada na organização das coisas e ir! Com o clima não muito amistoso, asfaltamo-se-me-nos de Curitiba a Bocaiúva por estradas velhas conhecidas temendo a chuva que - maravilha! - não deu as caras.

Por outro lado, estradinhas de terra afora fomos curtindo o melhor do cicloturismo: as próprias estradinhas, elas mesmo em pedra e pó. Comendo a represa pelas bordas, chegamos nela de verdade quando caímos nos braços da BR-116 (as grandes pontes, braços literais da rodovia sobre a represa). Apreciação tranquila, das pontes até o poente ficamos admirando a represa e as montanhas que circundam, protegem e enfeitam a massa de água (por todos os lados, pormaisque ao contrário - uma desilha!).

Procurando um recanto, encontramos o Tio Maneco. O próprio. Boa gente, pura imagem da humildade interiorana. Morava no fundo do vale antes da água tomar conta de tudo (a outra face da bela represa está lá, em pequenas vilas fantasmas sob o espelho dágua). Submerso o antigo canto, Maneco agora cuida do seu re-canto, do bar do recanto, da cordinha que separa o recanto do resto do mundo. E antes de nos deixar, prometendo uma moda de viola, convida:

- Voltem aí outro dia...

Comentário ingênuo, feito como se não soubesse que estávamos de bicicleta, que vínhamos de Curitiba, mas sim como se fossemos vizinhos de sítio. E ainda completou:

- Vão até Antonina amanhã?

Todos rindo, dissemos que não. Mal sabíamos que ele estava certo. Armamos a barraca na beira da represa, enquanto um temporal se armava ao longe. Caminhamos na borda da represa à noite, as luzes da cidade se projetando nas nuvens ao longe, as luzes das nuvens relampejando ao norte (ou ao mar, mas lá estavam e assustavam). Tranquilos, dormimos esperando a manhã.

Foto²s

Foto² 1
beleza, beleza, vamos começar isso logo ou não?

Foto² 2
descidas, maravilha, aí vamos nós!

Foto² 3
aparição incomum, prova fotográfica de que não foi uma viagem solo

Foto² 4
ok, babe, desce mais uma!

Foto² 5
aparição ainda mais incomum, uma releitura do paleo-clássico coelhinho

Foto² 6
falando em clássico, essas nuvens não têm uma dinâmica um tanto quanto familiar?

Foto² 7
grande bocaiúva, nos recebendo meio que de portais meio abertos

Foto² 8
outro clássico, embora acima do custo médio da nossa costumeira refrilosofia vaga

Foto² 9
pois chega de asfalto, agora é terra e mato

Foto² 10
se é que se pode chamar um pinhal de mato

Foto² 11
escuta aqui, prestenção, menino! é tudo mato, tudo mato!

Foto² 12
pois se não fosse ainda cedo, já tinha onde dormir!

Foto² 13
e não é que era tudo mato, mesmo? mato acima nessa terra!

Foto² 14
essa terra aqui tá quase asfalto de tão trafegável

Foto² 15
vai um caqui marrento aí? bico doce, mas bico fechado!

Foto² 16
num vai furá os óio das montanha dos otro, minino!

Foto² 17
embora o objetivo do dia fosse a represa, o capivari (capivarão?) ficava todo se mostrando

Foto² 18
daora a vida? nada, dureza o cascalho: pedras pra que te quero!

Foto² 19
olhando por cima parece que chove, mas no fundo no fundo tem sol

Foto² 20
pois se chegamos na rodovia quando acaba a faixa adicional, pra baixo é só alegria!

Foto² 21
não que não tenha sempre mais um pouco a subir...

Foto² 22
até que enfim, a dita represa! repleta de montanhas por todos os lados

Foto² 23
panorama da face oeste da represa sobre uma das pontes da br116

Foto² 24
e agora, como é que faz pra chegar lá embaixo?

Foto² 25
pordeusdocéu! descendo, que tal?

Foto² 26
D3: uebaaa, explodiu um submarino!

Foto² 27
falta uma roda porque junto com o submarino explodiu uma câmera também

Foto² 28
não gosta de batalha naval? jogar tampinha, então? não? ah, vai pescar!

Foto² 29
que tal brincar de pedalar então, ahn?

Foto² 30
fim do dia, tá na hora de sair da piscininha!

Foto² 31
o jeito agora é ir voltar pra depois voltar a ir

Foto² 32
panorama leste da represa, com os complexos do ibitiraquire, do capivari e do o²

Foto² 33
voltando a volta, praticamente a vista da foto 23, só que com cara de pano de fundo

Foto² 34
tão complexo que não se sabe onde começa o capivari e acaba o capacete

Foto² 35
o sol já se escondia enquanto buscávamos um recanto pra barraquear

Foto² 36
falta sol mais um pouquinho, vamos lá!

Foto² 37
bela vista do sol deixando o recanto às margens da represa

Foto² 38
agora sim, escureceu. acampamos aqui, então?

Foto² 39
então arruma tudo rapidinho que já anoiteceu!

Foto² 40
festa no outro lado da represa: quem vem buscar a gente?

Foto² 41
os últimos suspiros de luz do sol ou de alguma cidade próxima?

Foto² 42
vê as montanhas? vai, garanto que forçando até o barquinho você vê!

· essa expedição não acabou ·

Terminou a viagem por hoje?
Não deixe amanhã de lado: dia 2

mildão
[18/11/2011 01:06h]
faz tempo q não vejo um céu limpo desses, epetacular!!!
Luiz
[18/11/2011 08:53h]
Então é assim a vista lá de cima. Quando nós fomos não dava pra ver 5 metros. Belas fotos
Waldson (Antigão)
[19/11/2011 09:26h]
Primeiro dia do tipo "quero mais!" Show de relato e paisagens! As panorâmicas ficaram belissímas. Parabéns por compartilharem mais esta ciclo-viagem conosco!
o² expedição
[20/11/2011 13:45h]
Grande Waldson, pegou o espírito da coisa! Obrigado e abraços!
Adriano
[20/11/2011 17:23h]
Excelentes fotos! Pelo jeito é um daqueles passeios despretenciosos que nos surpreendem em cada curva. Pô, alí no Morro do Capivari é para ter uma trilha beeemm aberta, e vocês teriam uma outra visão do conjunto do PP, abraços!
o² expedição
[22/11/2011 02:14h]
Grande Adriano! É provável que a trilha estivesse fechada por conta da época da expedição, antes da temporada de caça a montanha ;) Mas trilha aberta e vista do PP ficam pra próxima quitação de dívida!
JOPZ
[22/11/2011 10:10h]
SHOW AS FOTOS, o capivari é mesmo um lugar muito bonito.
Elton Xamã
[01/12/2011 16:07h]
hola, chamigos! neste lago, dá para ficar acampado uns 3 dias kkk abraços
Caro leitor, sinta-se livre para comentar sobre esta expedição! Embora o O² não se responsabilize pelo conteúdo dos comentários (vide nossa política de uso), perceba que aqueles julgados inadequados serão enviados ao limbo eterno. Sem volta. Nem pedalando.

o² expedição · cicloturismo | 2003 · 2017 | curitiba · brasil | permitida reprodução desde que citada explicitamente a fonte: odois.org | política de uso | webdesign por lulis

firefox chrome opera ie 8+ CC-BY-4.0