dia 1

O² Expedição

Circuito Vale Europeu

Projeto de cicloturismo pioneiro no Brasil, o circuito é composto de 7 roteiros, num total de 300km, propostos para realização em 7 dias. O percurso é dividido em parte baixa (de Timbó a Rodeio, relativamente leve, recomendada aos iniciantes) e parte alta (com relevo acentuado, exigindo bom preparo físico). Os trajetos fogem do asfalto, priorizando as estradas de terra, mais bonitas e tranqüilas. A beleza das paisagens naturais e das construções, assim como a amistosidade cativante da população, é carregada de fortes traços da imigração alemã e italiana.

Concebido e mantido pela Associação Vale das Águas, convênio entre as prefeituras dos municípios da região, o circuito tem início e término na cidade de Timbó-SC, a cerca de 30km de Blumenau. A infraestrutura de apoio ao cicloturista é exemplar, desde as informações disponibilizadas em material impresso e digital até a relação escolhida de diversos (e diversificados) estabelecimentos parceiros. No centro de informações em Timbó o cicloturista recebe material impresso e o passaporte que, se devidamente carimbado pelo trajeto, dá direito a um certificado na conclusão do circuito.

Fonte: site oficial do Circuito Vale Europeu e Clube de Cicloturismo do Brasil.

x7
Saída19/07/2008 08:30hCuritiba - Tarumã
Chegada26/07/2008 15:00hCuritiba - Jardim das Américas
CustoR$ 113.00Composdu lulis thiago arce
Pedalada768.4 km48h 50'15.7 km/h
ItinerárioDia 1: Curitiba - BR116 - PR419 - Agudos do Sul - PR281 - PR420 - Fragosos - SC301 - São Bento do Sul - BR480 - Corupá
Dia 2: Corupá - BR280 - Jaraguá do Sul - SC416 - Pomerode - RMs - SC418 - RMs - Indaial - BR470 - Blumenau
Dia 3: Blumenau - RMs - Indaial - RMs - BR470 - SC470 - RMs - Rodeio - Benedito Novo - Cachoeira do Zinco
Dia 4: Cachoeira do Zinco - RMs - Dr. Pedrinho - RMs - Cachoeira Véu de Noiva
Dia 5: Cachoeira Véu da Noiva - RMs - Alto Cedro - RMs - Palmeiras
Dia 6: Palmeiras - RMs - Benedito Novo - SC477 - Timbó
Dia 7: Timbó - Rio dos Cedros - RM-s - Rota Enxaimel - Pomerode - SC474 - Massaranduba - SC413 - Guaramirim - Est. Vila Nova - BR101 - Pirabeiraba
Dia 8: Pirabeiraba - BR101 - BR376 - Curitiba

Vale Europeu

Atendendo aos milhares de pedidos e recomendações (agradecemos sinceramente todas manifestações recebidas por e-mail, carta, SMS, telegrama, telemensagem, teleatendimento, teletransporte, teletubbies, flores por helicóptero, panelaço, puxãozinho de orelha, bilhete pra mãe, tatuagem na nuca, psicografia e correção de monografia), finalmente o o² conseguiu juntar coragem e tempo (e vergonha na cara, também) para percorrer os 300 km do primeiro circuito oficial de cicloturismo do Brasil.

Se você ainda está boiando, entenda: estamos falando do circuito mais bem quisto, mais desejado, mais vangloriado, mais mais mais tudo mesmo, a verdadeira primazia do cicloturismo nacional. Depositado cuidadosamente nos confins serranos de Santa Catarina (leiam-se aqui trombetas soando), repousa ele: o Circuito Vale Europeu de Cicloturismo. Sim, ele repousa - embora não se possa dizer o mesmo dos cicloturistas que decidem enfrentá-lo...

Para agravar a situação (e aguçar a emoção), cumprimos o comprido planejamento seguindo à risca cada placa e cada curva da planilha do circuito, saindo cedinho e chegando "a las tantas de la noche", estendendo "só um pouquinho" o trajeto nas pontas... Mas, tá: vamos poupar-se-me-nos, caro leitor, de rodeios (até porque nosso negócio é bicicleta, não tem cavalo - e o que tiver de Rodeio vai ficar lá para o 3º dia), e vamos seguir logo para o primeiro dia - até porque falta MUITO (mas, ah, falta mesmo) para chegar ao oitavo...

texto e comentários à oito mãos, por Dú, Lulis, Thiago e Arce. vídeo por Dú. fotos por Lulis, Thiago, Arce e Heil. graxa branca por Thi. o restante foi feito à oito pés, ou oito pedais, e oito pneus, em oito dias.

Expedição publicada em 01/05/2009

Vídeo²

Arquivo GPX Arquivo KML Mapa Dinâmico
Caro leitor, tenha cautela ao utilizar as georreferências, você é o único responsável pelo uso que faz das informações disponibilizadas pelo odois.org. Saiba mais.
Georreferências

Mauricio Sievers
[30/07/2010 16:10h]
Moleza essa pedalada amigos. Voces não são de nada. ...uns molengas mesmooooooo kkk abrAÇÃO
Alberto H. Molinari
[17/10/2012 16:10h]
Maaaaaassa demais! Não deem bola para o invejoso acima (huá huá). A sub-hospedagem que vocês buscaram é por que o circuito não oferece o que preste, por falta de grana ou uma vontade de demonstrar que é possível se divertir com poucos recursos?
o² expedição
[17/10/2012 21:47h]
Fala, Alberto! O circuito oferece todo tipo de acomodação, pra todos os gostos. Mas a nossa intenção sempre é essa: divertir-se-mo-nos com pouco! E se procurar bem no site vai ver nessa viagem só rolou acomodação de luxo =D Hábraços!
Alberto H. Molinari
[19/10/2012 18:33h]
Desatrelar as práticas esportivas do consumismo - perfeito! Então aproveito para perguntar: vocês buscam minimizar custos também nas bicicletas? Neste sentido, sugiro uma pergunta para o FAQ: "QUE BICICLETAS E EQUIPAMENTOS VOCÊS UTILIZAM?". Isso ajudaria a nós iniciantes.
o² expedição
[21/10/2012 11:13h]
Monástico Alberto, o equipamento é algo muito pessoal para generalizarmos mesmo entre nós componentes, mas procuramos um equilíbrio que permita um mínimo de segurança, saúde e conforto - sem exageros. Obrigado pela sugestão para o FAQ, estamos considerando com cuidado, pois não queremos induzir ninguém nem favorecer fabricantes (afinal, ninguém nos paga pra isso). E, acima tudo, queremos passar a idéia de que pedalar é possível com qualquer equipamento e um pouco de bom senso (ou não)! Grande hábraço!!!
Caro leitor, sinta-se livre para comentar sobre esta expedição! Embora o O² não se responsabilize pelo conteúdo dos comentários (vide nossa política de uso), perceba que aqueles julgados inadequados serão enviados ao limbo eterno. Sem volta. Nem pedalando.

o² expedição · cicloturismo | 2003 · 2016 | curitiba · brasil | permitida reprodução desde que citada explicitamente a fonte: odois.org | política de uso | webdesign por lulis

firefox chrome opera ie 8+ CC-BY-4.0