dia 3dia 1

O² Expedição

Área de Serviço:

Ampla, espaço para lavadora e centrífuga. Varal no quintal =)

x0
Saída14/01/2007 10:15hBarra Velha - Uai Camping
Chegada14/01/2007 19:00hItapema - Casa Marcelo
CustoR$ 24.00Composdu lulis thiago arce
Pedalada76.5 km4h 54'15.6 km/h
ItinerárioBarra Velha - Av. Nereu Ramos - Rod. Ivo Silveira - Navegantes - Itajaí - BR101 - Camboriú - Itapema

Florianópolis · dia 2

Acordados pela fome e despertados pela inesquecível visão do sol nascendo sobre a linha que divide mar e céu (aliás, amigo, essa bela foto você vai ter que ir até barra velha para vivenciar...), levantamos acampamento rumo ao sul.

Em um bom pedal à beira-mar (ou quase), passeamos de Piçarras à Navegantes. Nesta última, surpreendemo-nos com as ciclofaixas dedicadas aos ciclistas em praticamente todas as ruas em que passamos. Depois de uma travessia de balsa para Itajaí, sentíamos claramente que adentrávamos território estrangeiro. Depois de pedir algumas informações constatamos (pelo sotaque local): à despeito da configuração geográfica, Itajaí é uma ilha desgarrada do arquipélago de Açores.

Saindo dos Açores (ou entrando ainda mais, não tínhamos certeza), alçamos Camboriú. Tão impressionante quanto a quantidade de edifícios é a sua proximidade da orla. Almoçamos (depois de procurar muito por um lugar que comportasse adequadamente nossa esquadra e nossa fome) e, ao descansar na praia, comprovamos que não há exagero em dizer que, às 15h da tarde, já não há mais sol na praia em função das sombras dos prédios...

Depois de um trecho com boas subidas (ufa, o morro do boi não é baba!), chegamos à Itapema. Desesperados, não, mas apreensivos. Precisávamos encontrar um pouso adequado (entenda-se "não extorsivo"). Depois de três análises de campings, aparentemente as únicas alternativas, aí sim, estávamos desesperados. Em breve escureceria. Procurando informações, entre a dúvida de prosseguir ou retornar para conseguir pouso, conhecemos o Marcelo e a Simone. Ele, cicloturista. Ela, mulher de cicloturista (do Marcelo, por acaso). Nos acolheram em sua casa, e com tanta gentileza que sentíamo-nos encabulados. Estávamos em casa longe de casa, e entre amigos.

Trocando boas conversas e experiências, passamos o fim do dia. Ainda tivemos tempo de entrar no mar, assistir a ginástica na areia e sair para jantar uma boa pizza. Dormimos brincando, a disputar o lugar mais distante da porta: tanta sorte tinha que ter um preço, no mínimo alguém iria acordar em uma banheira cheia de gelo, sem os rins... =)

Foto²s

Foto² 10
olha o tamanho do baseado! não, não: é o vermelho, chegando por trás do lulis!

Foto² 11
nossos veículos, devidamente apocopados ao lado do motorhome, sô

Foto² 12
última geral na área do camping - que tem muito mais vocação pra pousada!

Foto² 13
e não é bonitinho mesmo? é, é, o lugar, claro! humn, resolvido o mistério baseado na foto 10

Foto² 14
uma útima olhada para a praia de barra velha com o sol ainda recente

Foto² 15
de pé, à esquerda, um coqueiro amigo nosso, vindo de palmas

Foto² 16
90% das pessoas só encontram um ciclista nessa foto. os outros 10% estão na foto

Foto² 17
agora sem maiores distrações... opa, o amigo de palmas trouxe a família!

Foto² 18
piçarras. ton pissarras quanto os piadas sopre a nome do praia pissarras

Foto² 19
estivemos na entrada do beto carrero word (agora com domador ortográfico!)

Foto² 20
praia linda e asfalto sem fim entre penha e navegantes

Foto² 21
em navegantes, a louvável iniciativa de implantar ciclofaixas

Foto² 22
ânimo, gente, existem trechos que são realmente imbicicletáveis. balsa neles!

Foto² 23
saindo de camboriú bem almoçados, alimentados, prontos pra tudo!

Foto² 24
ou quase: êita cansera! tem ciclista que realmente não vale o que come!

· essa expedição não acabou ·

Terminou a viagem por hoje?
Não deixe amanhã de lado: dia 3

Caro leitor, sinta-se livre para comentar sobre esta expedição! Embora o O² não se responsabilize pelo conteúdo dos comentários (vide nossa política de uso), perceba que aqueles julgados inadequados serão enviados ao limbo eterno. Sem volta. Nem pedalando.

o² expedição · cicloturismo | 2003 · 2017 | curitiba · brasil | permitida reprodução desde que citada explicitamente a fonte: odois.org | política de uso | webdesign por lulis

firefox chrome opera ie 8+ CC-BY-4.0