dia 1

O² Expedição

O Morro dos Perdidos

Com mais de 1.500m de altitude, o morro dos perdidos é um dos pontos mais altos da serra do mar nas proximidades da divisa Paraná / Santa Catarina. Do cume é possível avistar ao norte a represa da Vossoroca e Curitiba, bem como parte do litoral paranaense. Ao leste observa-se a baía de Guaratuba e, ao sul, Joinville e a baía da badalada São Francisco. O acesso ao topo é feito por 5,6km de estrada de saibro, um pouco severa mas acessível mesmo a veiculos de passeio. A subida íngreme requer alguma disposição extra de quem pretende caminhar ou pedalar.

O morro fica na fazenda Arca de Noé, propriedade que abriga também belas cachoeiras merecedoras de especial atenção. O dono, Sr. João Maria, (41) 9194-6180, cobra apenas uma taxa simbólica para visitação e acampamento. E, enquanto você sobe morro e toma banho de cachoeira, o cunhado e as crianças podem se divertir no pesque-pague e no riacho ;)

Acesso: Saia de Curitiba para Garuva pela BR376. Após a represa da Vossoroca as pistas de ida/volta da BR se afastam para depois se encontrar. Cerca de 2,5km depois da junção das pistas fica a entrada para o morro: uma discreta estradinha de terra, pouco depois da divisa Tijucas do Sul/Guaratuba, mas ainda antes do segundo posto policial da BR.

x1
Saída20/02/2005 10:00hCuritiba - Tarumã
Chegada22/02/2005 19:00hCuritiba - Jardim das Américas
CustoR$ 15.00Composlulis thiago arce
Pedalada140.7 km7h 13'19.5 km/h
Caminhada6.6 km3h 00'2.2 km/h
Total147.3 km10h 13'14.4 km/h
ItinerárioDia 1: Curitiba - BR376 - RMs - Morro dos Perdidos
Dia 2: Morro dos Perdidos (Trilhas)
Dia 3: Morro dos Perdidos - RMs - BR376 - Curitiba

Morro dos Perdidos

Sabe aquele desespero que começa a bater quando um feriado se aproxima do fim? É a "síndrome da véspera da realidade", algo como um saudosismo do que nem passou - chega de repente e você começa a se sentir meio quarta-feira-de-cinzas, meio fim-de-horário-de-verão... Pois é, passa o carnaval e todo mundo fica assim, inclusive nós. Mas a gente conhece um jeito de espantar esse mal: viagem, vamos pedalar!

Procurando algo leve e breve, entre nossos projetos encontramos o Morro dos Perdidos. Além de trajeto novo para o O², BR376 sentido sul, a viagem merecia destaque pelas anunciadas belezas naturais do local. E realmente não decepcionou: três dias muito bem aproveitados, repletos de adrenalina e meditação contemplativa - se é que dá pra conciliar isso. Tudo perdidamente divertido, como é típico do grupo, apesar da ausência do Du e do Cheps - que prometeram comparecer no segundo dia. Mentira deles, nem foram.

projeto e ausência por Du, texto e fotos por Lulis.

Expedição publicada em 03/06/2005

Arquivo GPX Arquivo KML Mapa Dinâmico
Caro leitor, tenha cautela ao utilizar as georreferências, você é o único responsável pelo uso que faz das informações disponibilizadas pelo odois.org. Saiba mais.
Georreferências

Caro leitor, sinta-se livre para comentar sobre esta expedição! Embora o O² não se responsabilize pelo conteúdo dos comentários (vide nossa política de uso), perceba que aqueles julgados inadequados serão enviados ao limbo eterno. Sem volta. Nem pedalando.

o² expedição · cicloturismo | 2003 · 2016 | curitiba · brasil | permitida reprodução desde que citada explicitamente a fonte: odois.org | política de uso | webdesign por lulis

firefox chrome opera ie 8+ CC-BY-4.0